O que pode causar a explosão de uma bateria de smartphone e como se prevenir
   26 de julho de 2021   │     18:12  │  5

Imagem: Getty Images/Vetta Video

Nos últimos anos, os smartphones tornaram-se companheiros inseparáveis para a maioria das pessoas e com isso, a quantidade de horas de uso tem sido cada vez maior. Por mais que a tecnologia das baterias tenha aumentado significativamente sua autonomia, é quase inevitável que em algum momento o aparelho tenha que ser utilizado enquanto está carregando.

A morte de uma menina de 10 anos, natural de Pão de Açúcar-AL, causada por um incêndio provocado pela explosão de um aparelho celular, acende um alerta para os cuidados que devemos ter ao carregar nossos smartphones. De acordo com relatos dos familiares das vítimas, o celular estava na tomada, dentro do quarto, e explodiu quando Geovana e o irmão, de apenas dois anos, estavam dormindo. A explosão provocou incêndio nos móveis e queimou as crianças.

A explosão de uma bateria pode ocorrer quando há superaquecimento. Defeitos de fabricação, umidade e acessórios de origem duvidosa, são alguns dos fatores que podem provocar um superaquecimento ou trazer riscos para o usuário.

Quais cuidados devemos ter ao carregar o smartphone?

1 – Evite atender ou fazer ligações enquanto carrega o smartphone;

2 – Não utilize cabo ou carregador de segunda linha, especialmente se não forem certificados;

3 – Dê preferência aos acessórios originais ou de marcas confiáveis e evite utilizar cabos ou carregadores danificados;

4 – Não toque no aparelho enquanto carrega se as mãos estiverem molhadas;

5 – Evite expor o aparelho ao calor excessivo.

Além desses cuidados, também devemos ficar atentos aos sinais de que o smartphone pode estar sofrendo algum tipo de superaquecimento. Após algum tempo jogando ou assistindo vídeos, por exemplo, é normal que o aparelho fique um pouco mais quente. Mas se a temperatura estiver alta em outras circunstâncias, algo por estar errado. Neste caso, procure uma assistência técnica especializada.

 

 

ALERTA AOS PAIS

Segundo Marc Jeschke, diretor médico do Ross Tilley Burn Center em Toronto, no Canadá, acidentes com carregadores de celulares são comuns em todo o mundo. “As crianças podem mastigar e morder cabos, causando danos significativos”, disse ao Global News. Ele explica que a eletricidade é capaz de fluir através do carregador até a boca da criança, levando a um choque elétrico, muitas vezes, fatal.

About kleinermota

Bacharel em Sistemas de Informação, Pós Graduado em Gestão de Projetos, DBA SQL Server, Gestor de TI da Organização Arnon de Mello e Diretor de Tecnologia da TV Mar.

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *